Meu tempo "gasto" para ser aprovado: 03 minutos

[Texto publicado no @tecendoatoga em 19 de julho de 2019]


Dezembro de 2018. Estava em SP para prestar a prova objetiva do concurso de ingresso na magistratura do TJSP. A prova seria à tarde, com início às 13h.


Já fiz inúmeras provas na minha vida, entre concursos e vestibulares. Sempre fui pontual e chegava com muita antecedência no local de prova.


Esse dia, no entanto, foi diferente. Resolvi almoçar antes de ir fazer a prova. Chamei o Uber já era meio-dia, pois estava relativamente próximo ao local de prova.


Pegamos trânsito. Quando já estávamos na rua da Faculdade, de dentro do Uber, vejo algumas pessoas correndo. Olho para o relógio: 12h30. Comento com o motorista: “concurseiro é muito desesperado... prova apenas 13h e correndo desse tanto sem necessidade. Vou esperar aqui no carro mesmo chegar no portão”.


Desembarquei 12h33. Os portões estavam fechados. Não entendi. Perguntei: “não abriram ainda?”. Responderam: “já fecharam. No edital desta semana, saiu o comunicado que fecharia 12h30”. Ou seja, perdi a prova por 03 minutos.


Fiquei triste. Fui curtir o domingo na Avenida Paulista. Mas no dia seguinte refleti sobre tudo isso e decidi: “como posso querer ser juiz e estar perdendo prova por horário?! Um aprovado não se comporta assim”.


E, a partir de então, decidi me comportar como um aprovado. Fiz todas as renúncias possíveis e imagináveis: viagem de final de ano estava comprada, cancelei; carnaval em Salvador estava todo planejado, cancelei; sem Instagram pessoal; eventos sociais no mínimo possível.


Decidi, na verdade, que somente faria o mínimo de lazer necessário para ficar são, mas que todo o resto (viagens de lazer, por exemplo) ficaria postergado para um momento em que eu avançasse mais nos estudos/resultados.


E não deu outra: em dois meses comecei a passar para segundas fases e em uns sete meses já estou aqui, aprovado.


Assim, passei a compreender que “aprovado” não é apenas uma situação jurídica do que passou e sobreviveu a todas as fases de um concurso. É, muito antes, um estado de espírito daquele que SABE o que quer e se COMPORTA para aquele objetivo. E você pode tomar posse do estado de espírito de aprovado a qualquer momento. Inclusive agora. Por que não começar agora, de onde você está e com o que você tem?


Eu precisei de apenas 03 minutos para tomar essa decisão. Por que você não separa os próximos 03 minutos e toma uma idêntica decisão?!

133 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Caríssimos Alunos e Alunas, Nós, profs. Mário Sérgio, Tiago Cargnin e Yan Walter, decidimos elaborar um gabarito extraoficial da prova de Promotor de Justiça Substituto do Ministério Público do Amapá,

Fala, meu povo! Espero que esta postagem encontre vocês bem e com saúde! Vamos, então, para mais um treino de discursivas? Lembrando o funcionamento do treino: semanalmente, às terças-feiras, irei tra

Fala, meu povo! Tudo em paz com vocês?! Espero que sim! Vamos, então, para mais um treino de discursivas? Lembrando o funcionamento do treino: semanalmente, às terças-feiras, irei trazer o enunciado d